México aceita extraditar "El Chapo" para os EUA

 
O governo mexicano tenciona extraditar o narcotraficante Joaquin "Chapo" Guzman para os Estados Unidos, em resposta ao pedido norte-americano. El Chapo foi recapturado esta sexta-feira, depois de ter fugido da prisão no ano passado.
 
O gabinete do procurador-geral mexicano assegurou que vai trabalhar rapidamente para garantir a extradição e que o traficante pode ser transferido em meados deste ano, dizem fontes citadas pela agência Reuters. O timingdepende dos recursos apresentados pelos advogados de El Chapo.
 
O narcotraficante liderava o cartel Sinaloa e é procurado pelas autoridades norte-americanas que o acusam de introduzir droga no valor de milhões de dólares no país, originando incontáveis mortes, quer pelo vício, quer pela violência de gangues.
 
Joaquín Guzmán foi transferido para a prisão de alta segurança de Altiplano, de onde fugiu há meio ano, horas depois do anúncio da sua captura no estado de Sinaloa (noroeste). El Chapo conseguiu escapar da sua cela por um túnel com 1,5 quilómetros e com ligação a uma casa situada fora do perímetro do estabelecimento prisional.
 
Esta foi a segunda detenção de "El Chapo", após duas fugas espetaculares da prisão em 14 anos.
 
Segundo a Procuradora-Geral, uma das razões que levou à captura do narcotraficante foi a descoberta de que El Chapo tinha iniciado contactos com pessoas do mundo do cinema para gravar um filme biográfico.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.